Terça, 24 de Novembro de 2020 23:04
27 99905-5559
Política Política & Poder

Governador assina Ordem de Serviço do Projeto-Piloto Rio Mangaraí

.

02/11/2020 13h13
90
Por: Dilman Lima
Governador assina Ordem de Serviço do Projeto-Piloto Rio Mangaraí

A Ordem de Serviço do Projeto-Piloto Rio Mangaraí foi assinada, na manhã deste sábado (31), pelo governador do Estado, Renato Casagrande. O evento aconteceu em Mangaraí, distrito de Santa Leopoldina, respeitando todos os protocolos de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19). Serão 18 meses de execução do projeto com, aproximadamente, R$ 34 milhões de investimento total. O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) é o responsável pela gestão e execução do projeto-piloto do Rio Mangaraí.

O objetivo do projeto é reduzir a carga de sedimentos nos cursos d’água e melhorar a qualidade e a quantidade das águas da sub-bacia do Rio Mangaraí, que integra a Bacia Hidrográfica do rio Santa Maria da Vitória. Indiretamente, também serão beneficiados 600 mil habitantes residentes da Grande Vitória, que são abastecidos com a água captada no rio, além dos cerca de quatro mil habitantes da região. O monitoramento dos sedimentos no rio será realizado pela Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) até o final do projeto, em parceria com o Incaper.

O Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) será responsável por parte da redução de sedimentos nas estradas da Bacia do Rio Mangaraí, com a execução e fiscalização das obras. Para isso, serão revitalizados cerca de 53 km de estradas em 14 trechos que contemplam 15 comunidades da região. A Bacia do Rio Mangaraí totaliza 18.370 hectares e é caracterizada, predominantemente, por região rural. O território está localizado em 87% no município de Santa Leopoldina e 13% em Cariacica.

Em sua fala, o governador Casagrande destacou outras ações que também vão fazer parte do projeto. “O assoreamento dos rios é um grande problema e essa intervenção nas estradas vai diminuir isso, facilitando também a vida das pessoas. Também estamos investindo mais de R$ 3 milhões em educação ambiental com empoderamento feminino. Ao todo, serão R$ 34 milhões investidos nessa região. Estamos fazendo ainda o saneamento e vamos universalizar o esgoto de Santa Leopoldina. A Barra de Mangaraí é abastecido por um posto, mas vamos ter um investimento da Cesan para atender a população”, afirmou.

O Projeto-Piloto Rio Mangaraí faz parte do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem do Governo do Estado do Espírito Santo, financiado por meio de um acordo de empréstimo entre o Governo do Estado e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O diretor-presidente do Incaper, Antônio Machado, ressaltou que o projeto promoverá diversas transformações para as famílias locais e os agricultores familiares. “O calçamento das estradas, a preservação dos recursos naturais e as ações sociais vão beneficiar muito a população local, além dos habitantes da Grande Vitória. Estive com a diretoria do Incaper em Mangaraí na última semana. Vimos de perto a realidade e as demandas das mulheres trabalhadoras rurais. Em parceira com outros órgãos governamentais, vamos unir nossos esforços para fortalecer ainda mais essas atividades no campo que movem o Estado”, destacou.

Para o diretor-presidente do DER-ES, Luiz Cesar Maretto Coura, o Projeto-Piloto do Rio Mangaraí trará um grande avanço na economia da região. "A revitalização dos trechos e a captação de água no Rio Santa Maria da Vitória vão trazer desenvolvimento e economia aos moradores da Grande Vitória e, principalmente, da região entre Cariacica e Santa Leopoldina. É uma obra importante e muito esperada na região e o DER-ES está empenhado em executar essa obra, que vai melhorar de forma significativa a vida dos capixabas", disse.

O diretor presidente da Cesan, Carlos Aurélio Linhalis (Cael), explicou que o monitoramento dos rios será iniciado seis meses após a conclusão de cada trecho pavimentado. “Dessa forma, quando a obra for concluída o monitoramento estará sendo feito em toda extensão. As etapas administrativas estão acontecendo e ainda no primeiro semestre de 2021 estaremos em campo”, asseverou.

Cael prosseguiu: “Serão 52 quilômetros de estradas pavimentadas que vão impactar diversas realidades, desde a qualidade de vida dos moradores da região até a economia local, que certamente será alavancada. A melhoria da qualidade da água dos rios vai possibilitar a redução do uso de produtos químicos no tratamento da água, preservando o meio ambiente e a saúde humana.”

Promoção social e de educação ambiental

A melhora da qualidade de vida dos cerca de quatro mil habitantes da região também é um dos objetivos do Projeto-Piloto Rio Mangaraí, que será realizado por meio de consultoria em Educação Ambiental e Mobilização Social, contratada pelo Incaper. As ações englobam a identificação das lideranças locais formais e informais; identificação das associações e outras instituições atuantes nos locais de interesse; elaboração de diagnóstico socioeconômico; reuniões com as associações; reuniões com a comunidade; cursos; troca de saberes; viagem de intercâmbio; planos de negócios; projetos para captação de recursos, entre outros.


O projeto irá desenvolver um Programa de Educação Ambiental que será coordenado pelo Incaper. Serão desenvolvidas atividades de educação ambiental formal e não formal, encontros com temáticas ambientais e distribuição de materiais pedagógicos, visando à conscientização ambiental dos habitantes da região. Além disso, já está em desenvolvimento o trabalho de cobertura florestal, por meio do Programa Reflorestar, da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama).

"Para a coordenação desse projeto piloto, o Incaper fez parcerias robustas que compõem esse amplo projeto do Governo do Estado. São ações bem articuladas fazendo força na mesma direção com o poder de transformar a realidade das famílias de Mangaraí", pontuou o diretor administrativo do Incaper, Cleber Guerra.

Projeto visa ao empoderamento feminino

O projeto contempla ainda uma ação social com enfoque no empoderamento feminino, com duração de 15 meses, que será realizada também por meio da empresa contratada. As atividades serão desenvolvidas com os agricultores da região da sub-bacia do Rio Mangaraí, com as associações que atuam na região, e, principalmente, com as mulheres e seus grupos organizados.


“O foco principal do projeto é o empoderamento feminino. Ele será muito importante para evidenciar a realidade das mulheres rurais e apoiar formas de amenizar a desigualdade social e econômica vivenciadas por elas, empoderando-as social e economicamente”, destacou a coordenadora do Projeto Mangaraí e extensionista do Incaper, Cintia Aparecida Bremenkamp. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Vitória - ES

Guarapari - ES
Atualizado às 22h54 - Fonte: Climatempo
20°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 26°

20° Sensação
16.3 km/h Vento
77.6% Umidade do ar
90% (13mm) Chance de chuva
Amanhã (25/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quinta (26/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio